LA PRIMA COSA BELLA

Tem coisa mais bela que assistir chuva pela manhã ouvindo música?

É a primeira coisa bela que faço hoje. Depois quero escrever um poema.

Mas não cabe em meu poema:

Hipocrisia

Fome

Política

Educação

Saúde

Sistema de água e esgoto tem problema não?!

Moradia para todos, ninguém se importa!

Não cabe no Poema.

 

Mas cabe no meu poema a lição dos Lobos:

O homem por séculos domina o planeta terra.

Nossas organizações e as pessoas que delas fazem parte estão
desorientadas por problemas causados por divórcio, crime,
superpopulação, reorganização e outros, enquanto os lobos continuam com
o mesmo padrão participativo, brincalhão, eficiente e coeso.

Nosso sistema educativo esta sofrendo um declínio gradativo,
enquanto o dos lobos; como sempre, coloca a educação, a proteção, o
apadrinhamento e aconselhamento dos mais jovens em primeiro lugar. Eles
sabem que seu futuro depende de suas crias e agem de acordo com esse
princípio. Obviamente temos muito a aprender com os lobos.

O lobo respeita os mais velhos, ensina os jovens, coopera com o grupo diverte-se
quando pode, caça quando precisa, descansa nos intervalos, reparte suas refeições,

manifesta seus sentimentos e deixa sua marca.

 

    A Paciência

A esperteza do lobo vai muito além de identificar vítimas fáceis.
Eles observam e gravam vários traços e hábitos minúsculos da
personalidade de sua presa. Não importa o tamanho do inimigo. O lobo
morde e se afasta! Repete e repete….Ele procura uma vitória a longo
prazo, e não um sucesso imediato.
    É a observação, a simplicidade de propósito, o trabalho em equipe, a
curiosidade, a atenção nos detalhes e a inabalável paciência que fazem o
sucesso do lobo.

 

Eles tem Atitude

    A atitude dos lobos pode ser resumida com facilidade. É uma
visualização constante do sucesso. A sabedoria coletiva dos lobos tem
sido progressivamente programada em sua estrutura genética através dos
séculos. Lobos tem uma técnica aprimorada de focalizar suas energias em
direção às atividades que os conduzirão à consecução de seus objetivos.
    Os lobos não vagueiam sem destino ao redor de suas vitimas
potenciais, para lá e para cá. Eles tem um plano estratégico e o
executam mediante comunicação. Quando chega o momento da verdade, cada
um entende seu papel e exatamente o que o grupo espera dele.

 

Estratégia

    Muitos caçadores, fotógrafos e outros que tiveram a sorte de
testemunhar uma caçada real de lobos perderam a fala quando o destino
tomou seu caminho. Alguns momentos antes, os lobos pareciam seguir
despreocupadamente; o rebanho, como haviam feito nos dias precedentes.
De repente, os aparentemente letárgicos lobos entraram em ação como um
time coordenado, possante e objetivo, sendo que cada lobo conhecia o
plano estratégico e a parte que deveria cumprir.
    Uma estratégia é tentar entender que posição você ocupa no mundo.
Não onde gostaria de estar ou esperava estar, mas onde está.

Diversão

Os lobos compreendem que a diversão não é somente um subproduto da
vida, e sim uma razão para viver. A paixão do lobo pela brincadeira
jamais acaba, não importa qual seja sua idade. Embora tenham amadurecido,
a diversão continua tão importante em suas vidas como sempre foi.
    Na correria e nos ambientes restritos de hoje, muitas pessoas pensam
que a diversão é uma coisa supérflua em suas vidas – uma atividade que
não podem mais manter.

Unidade com individualidade

Não há som mais misterioso, triste, aterrorizador e bonito do que a
estranha sinfonia de lobos uivando à noite. Campistas e caçadores que já
ouviram esse coro se sentiram maravilhados, mas também imobilizados pelo
pavor. E na realidade, geralmente não há mais que cinco a oito lobos
uivando juntos.
    O interessante é que esse respeito pela individualidade somente
enfatiza a verdadeira unidade do grupo. Cada lobo tem sua própria voz e
cada um respeita a voz de seu companheiro.
Quando os lobos uivam juntos, todas as barreiras são rompidas, como se
dissessem:
    “Somos únicos, mas somos um todo; então não se meta conosco”.

http://www.iriahorn.net