Existem estrelas e existem corações.

Algum dia finalmente descobriremos a diferença entre olhar e ver, e entre ver e reparar.


“Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara” Livro dos Concelhos


Mas existem aqueles que estão atentos e aqueles que tem olhos e enxergam e aqueles que tem corações que sentem…


Existem estrelas, e existem corações. Uns olham, outros reparam.
Em alguns existe corações.

Há os que olham só as estrelas e não reparam nos corações
Uns zelam pelas estrelas outros pelos corações.

Uns anseiam em tocar estrelas outros sentem a necessidade de tocar corações

É no interior dos corações que se encontram os caminhos. Que grandes maravilhas é capaz de realizar a mente humana…


Quanta coisa há para se ver, seja no espaço, seja no chão firme em que pisamos.
Há tanto para se reparar.

Existem estrelas, e existem corações.

A nós não compete zelar pelas estrelas, mas sim, corações.

“Se podes olhar, vê. Se podes ver, repara”

Livro dos Concelhos